sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Tipos de Pérolas

                                                     Bom dia poderosas!!!!

   Sexta-feira tudo de bom né????

   Já estão programando o fim de semana????

   Espero que se divirtam,mas eu vou trabalhar muito para trazer sempre novidades para vocês.

   Eu disse que ia fazer outro post sobre comprinhas mas hoje resolvi trazer mais informação para vocês.
   Mais uma vez vou falar sobre pérolas,mas hoje é sobre os tipos de pérolas vendidas por aí,que vão desde as pérolas de água doce até as de vidro.Então vamos lá.


                                                          O que são????

   Bom ,a pérola nada mais é do que uma gema orgânica que nascem das ostras.(isso todo mundo sabe) existem vários tipos de pérolas e um rigoroso critério para distinguir sua qualidade e valor.

   Antigamente as pérolas eram super valorizadas pela sua beleza e raridade, e o processo de cultivar pérolas começou no início do século e se tornou mais acessível á população.

   Foram os japoneses (como sempre)que começaram a experimentar várias formas de cultivar as pérolas. É um processo muito demorado e pode levar até 3 anos para serem colhidas e o preço é avaliado pelo tamanho,brilho e perfeição.
   O seu tamanho pode variar de 2 a 3 mm e pode chegar até 20 mm que são as pérolas dos mares do sul.


                                            Processo de formação das pérolas

   Para se formar uma pérola é introduzido um ou mais núcleo redondo,geralmente duro como um pedaço de madrepérola dentro de cada ostra,juntamente com um pedaço de tecido de uma ostra semelhante,e é o pedaço de tecido que vai fazer com que a ostra produza o nácar para que ele envolva o núcleo e assim possa produzir a pérola.

   O nácar  é feito de carbonato de cálcio e por uma substância Protéica chamada Conchina.

   Já nas pérolas de água doce o núcleo é um tecido mole que vem de um outro molusco,que vai se decompondo até formar a pérola. Além  disso pode-se colocar uns 10 núcleos de cada vez, e após a retirada o animal sobrevive podendo ainda cultivar de novo nele.


   As pérolas de água doce são quase todas cultivadas pelo mexilhão da espécie Hyropsis Schlegeli e ficam prontas dentro de 6 meses.

As pérolas do Taiti são produzidas pelas Pinctada Margaritifera e tem uma cor que vai do azul,prateado,verde e roxo.

As pérolas Australianas ou dos mares do sul provém de espécies como a Pinctada Máxima.

As pérolas Japonesas tem o nome de Pinctada Imbricata,e também vivem na Coréia do Sul,China,Hong Kong e Sri Lanka.



                                                  Tipos de pérolas


Pérolas de água doce: Biwa

   São pérolas de formas muito irregulares,são encontradas ou cultivadas em rios,lagos ou lagoas.As cores mais encontradas são as negras,rosa,branca e vermelha.Era inicialmente cultivada em um  lago japonês como nome de Biwa por isso leva esse nome.





Pérolas akoya:

   Originária da China,Coréia e Japão,tem formas redondas e muito clássica,tem excelente reputação e muito mais brilho que qualquer outro tipo,mas são pequenas pios são das ostras mais pequenas  que produzem.



Pérolas Taiti:

Muito raras e valiosas por serem totalmente naturais,é cultivada no Taiti,japão e mares do sul,e é originária das ostras de lábios negros.Tem as tonalidades verde,azul petróleo,cinza grafite ou roxo.



Pérolas maiorca:

Não são pérolas naturais mas ainda sim consegue ter um ótima aparência.É nada mais do que uma pequena conta de vidro mergulhada  28 veze sem uma mistura patenteada ( e secreta ) de pó de concha e saliva de ostras.


Pérolas abalone:

   É produzida por um molusco univalve chamado Haliatis,,ela é diferente da pérola de concha pois é constituída por camada de nácar.A grande maioria deste tipo de pérola é natural,mas há uma grande produção de pérolas cultivadas compostas e blister.
São encontradas no Japão,EUA,Costa do Pacífico,Nova Zelândia e Coréia.





Pérola semente:

   São pérolas usadas antigamente(mais de 100 anos) tem até 2 mm e podem ser produzidas por moluscos de água doce ou salgada.Raramente é usada em jóias atuais.


Pérolas do mar do sul:

   Originária de uma ostra solitária e prateada,é cultivada ao sul da Indonésia,norte da Austrália e sul das Filipinas.Seu tamanho é superior a 8 mm de diâmetro e em cores variadas, desde o branco até o dourado.São ostras enormes geralmente do tamanho de um prato.



Pérolas arroz:

   É uma pérola de  formas muito irregulares e sua curiosidade é que cresce dentro dos órgãos reprodutores das ostras.





Pérola Barroca:

São pérolas de formas totalmente irregulares ,de diversos tamanhos mas não atingem 75% da esfericidade.



Pérola blister:

   Formam-se em camadas recobertas de madrepérola,por deslizarem para dentro do manto da concha formando uma peça semi esférica.



Pérola mabe ou composta:

  Forma-se sobre a concha da ostra,mas tem v´rios tipos de cores e formas como: oval.semi-esférica,gota e outros e é montada a partir de uma blister cultivada,cimentando em sua parte côncava uma base de madrepérola,tornando-se resistente para ser cravada em uma jóia. 





Lapidação

   Além de todos esses tipos de pérolas ainda existe a técnica de lapidação em pérolas,geralmente é empregada em pérolas que originalmente apresentam imperfeições na sua superfície.


   Eu uso pérolas de vidro nas minhas criações,mas são ótimas pérolas e para quem não pode ter  uma pérola original eu recomendo.
   Possuem uma infinidade de cores e tem um núcleo de cristal,no qual são aplicadas algumas camadas de nácar dando assim o brilho parecido com as peças formadas pela natureza.

Por hoje é só,espero que seja um conteúdo interessante para todos,pois foi muito interessante,descobri coisas que não conhecia e nem fazia idéia sobre a produção de pérolas.

Gostaram????
Comentem e Compartilhem !!!!

beijos  clau !!!!!! 

Obs: todas as fotos foram retiradas do Google.

0 comentários:

Postar um comentário

Seja bem vindo ao meu blog,espero que se sinta a vontade e volte sempre que quiser.:)

Postagem em destaque

13 Remédios Anti-Inflamatórios Naturais